Pokémon Rpg Online
Bem vindo ao Pokemon Rpg online!
Se você ja é um jogador faça login.
Se é visitante e quer começar a jogar, registre-se!
Mas se quer ver o forúm primeiro para decidir se entra ou não aperte
"Não exibir mais".
Ah,vote em nós no top Brasil,é de graça!!!

Ass:Rafa Kimura'

in Wonderland, well ... not exactly [Jornada - Laz']

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

in Wonderland, well ... not exactly [Jornada - Laz']

Mensagem por Laz' em 19th Fevereiro 2015, 07:27



Once upon a time, not in Wonderland, yet ...
The trip of a lifetime, where they are not achieved
 


O dia não era exatamente como eu esperava, bom, exatamente não, mas por completo? Não também.
O clima chuvoso não parecia agradavel aos meus olhos, a neblina escurecia ainda mais, a brisa se transformava em vento constantemente e simultaneamente em conjunto com o tema nublado, acompanhado com nuvens cinzentas, carregadas d'água, que não vinha tão devagar assim, o que dificultava meus planos para tal dia.
Saí agasalhado, com um capuz preto, com detalhes em azul cinzento escurecido, uma camiseta básica, uma calça onde os "buracos" da perna eram cobertos por uma bota marrom, fazendo com que o tecido da calça fizesse em modo "sanfona". Meus pés eram encharcados pelas poças d'águas que era encontrada em meu caminho, atrapalhando a boa aparência para meus parentes, que estavam reunidos em uma casa de madeira depois da floresta, que tal era meu objetivo de atravessar-la.
O som era negativo, silencioso e realizador de eco, e como eu sabia disso? Pois meus passos estavam extremamente altos e fortes, trazendo um leve sentimento de medo para mim, e uma semelhança de alguém me seguindo, com passos pequenos e silenciosos, o que dava o "poder" de ir ainda mais rápido e desesperado.
A curiosidade despertou-me, quando um brilho luminoso e amarelado surgiu dentre a floresta, e então, adentrei-a e aproximei ainda mais ao brilho, o que até me cegava um pouco os meus olhos, porém, isto nem impedia de que a minha curiosidade continuasse a mover meu corpo sozinho. Ao se aproximar ainda mais, pode ver uma árvore grande e brilhosa, com pedras luminosamente amarelas fincadas no tronco da grande árvore.
"Esquisito, mas chamativo ...", foi o que eu pensei, e então, com ainda a curiosidade consumindo o meu corpo, Fui ver como que era tal pedras, sendo raras ou não, despertava interesse em algumas delas.
Aproximando de tal árvore, uma criatura podia ser vista, era um bichinho verde, semelhante a uma cobra, com um rabo, que na ponta, estava alguma estrutura, semelhante a uma folha verde. Seus olhos vermelhos, focaram-se em mim, e os meus olhos, focados na criatura estranha, que não estava semelhante a nenhum animal visto nesse mundo onde habito.
A ação dela me surpreendeu. A mesma saltou, e balançou seu rabo, batendo-me em meu rosto, que ao passo para trás de mim mesmo, bati forte com a minha cabeça, sentindo uma forte dor ao choque físico, que acabou me deixando inconsciente por pouco tempo, mas alguma coisa estava errada.
Meus olhos estavam se fechando, e a criatura, olhando para aquele corpo, chamado "eu", caindo, mas até que eu achava estranho, pois me distanciava ainda mais daquela criatura verde e estranha, parecia que... Eu estava caindo em um buraco fundo e sem fim.
Meus olhos estavam abrindo, ainda estava caindo no buraco sem fim. Algumas raízes eram algum recurso para amortecer a queda, mas tais eram fracas e finas, quebrando-se rapidamente. Itens diversos foram a direção contrária. Espelhos, óculos, vassouras eram vistos estranhamente, até que um piano, fez meu corpo virar-se ao se chocar contra mim, deixando a minha visão, ao além do fim daquele buraco.
Finalmente! O fim estava próximo, e em segundos, o choque contra algumas plantas silvestres, formadas de algodão eram o travesseiro para meu sono, amortecendo a queda.
Pude ver aonde eu estava, era uma floresta iluminada por um Sol, que ao olhar contra tal, err... astro, podia notar-se que a luz não vinha dele. Aonde eu estava?


COM: Alguém ONDE: Aqui VESTINDO: Isso POST: 000

@Lilah


Laz Vascountinel:


Pokemons:

Cinthia (Snivy)

Oscar Digs:


A Fada da Sabedoria, Glinda:



001
Wisdom can lead to Success


Código:
<link href='http://fonts.googleapis.com/css?family=Spirax'rel='stylesheet' type='text/css'> <link href='http://fonts.googleapis.com/css?family=Wire+One'rel='stylesheet' type='text/css'><center><div style="width:500px; background-image:url(http://28.media.tumblr.com/tumblr_lvuln9WYkZ1r1ne7to1_400.png); border:10px solid #1c1c1c;"> <br><div style="width:450px; height:250px; background-image:url(GIF FABULOSA AQUI); border:1px dotted #000;"> </div>
<div style="font-family:Spirax; font-size:40px; color:#000; text-shadow:1px 1px 3px #000;"> TITULO FABULOSO AQUI </div><div style="font-family:Wire One; font-size:20px; text-align:right; color:#000; letter-spacing:2px; padding:5px;"> [b]FRASE SAMBADORA AQUI[/b]</div>  <div style="width:450px; height:500px; background-color:#fff; font-family:Trebuchet MS; font-size:11px; color:#000; padding:5px; letter-spacing:2px; text-align:justify; opacity:0.7; overflow:auto;">

</div> <br><div style="width:450px; background-color:#fff; font-family:Trebuchet MS; padding:5px; color:#000; font-size:10px; letter-spacing:2px; text-align:center; opacity:0.7;"> [b]COM:[/b] Alguém [color=#696969]✖[/color] [b]ONDE:[/b] Aqui [color=#696969]✖[/color] [b]VESTINDO:[/b] Isso [color=#696969]✖[/color] [b]POST:[/b] 000 </div><br> <div style="font-family:Trebuchet MS; letter-spacing:2px; color:#000; text-align:center; font-size:8px;"> [url=http://cupcakegraphics.forumeiros.com/u450][color=#696969]@[/color][/url]Lilah</div> </div> </center>


Última edição por Laz' em 28th Fevereiro 2015, 11:45, editado 4 vez(es)
avatar
Laz'

Poke Regras :
Número de Mensagens : 4
Data de inscrição : 17/02/2015

Ficha de Personagem
Insignias Conquistadas :
1/1  (1/1)
Fitas Conquistadas:
1/1  (1/1)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: in Wonderland, well ... not exactly [Jornada - Laz']

Mensagem por Laz' em 26th Fevereiro 2015, 20:48



Wisdom can lead to success
Envy manipulates your body, spontaneously, without you at least know
 

Havia alguma coisa errada naquele lugar, o céu começava a se tremer, o Sol realmente não estava emitindo a sua luz, "Onde eu estava?" era minha principal pergunta na cabeça, a segunda, seria: "Por que o céu está tremendo?", enfim, várias perguntas estavam em minha cabeça, circulando como doidos.
O que eu estava olhando, era uma tampa de uma bandeja, que logo, era levantada por um homem, utilizando cartola e smoking preto, com uma gravata borboleta. Com um sorriso misterioso, porém duvidoso, o homem me perguntou:

Homem de Cartola:


- Você por acaso, seria Laz, Viscounti... Vascouti... err... - Dizia-o, duvidoso ao saber meu sobrenome.
- Laz Vascountinel, e sim, por que a pergunta? - Respondi, enquanto pulava do prato e ia me aproximando de uma chícara de café.
- É que eu pensei que você era ... Sabe, mais alto. - Exclamou, enquanto via-me observando o tamanho da xícara que o mesmo era comparado de altura
- Já estou sabendo. - Retruquei, com um tom sarcástico, porém com um sorriso em meu rosto. - Então, como faço para voltar-me ao normal? - Completei.
- Apenas entre nesta xícara e te levarei, aqui, uma escadinha. - Aquele homem, logo colocou uma escadinha feita de madeira especialmente ao tamanho... Meu? Enfim, apenas entrei dentro da xícara, e então, partimos a caminhada.
Pequenas conversas enquanto caminhavamos. Notei uma breve diferença de lugar por onde eu passava. Uma espiadinha aqui, uma espiadinha ali, até que chegamos a uma floresta, com arbustos laranjas e luminosidades também da cor laranja, e ao fundo de algumas árvores, estava uma mulher, com uma... err... varinha branca, e um vestido totalmente branco, com um manto dourado em seu leito de pescoço, seus cabelos loiros, e ao se virar, notei uma coroa em seu cabelo, obviamente, pensando que era alguma princesa, e entre outros fatores que me levavam a pensar o por causa da coroa.

A Fada da Sabedoria, Glinda:


- Glinda, trouxe aquele menino que você mostrou-me. - Apresentou-me a mulher, que respectivamente, sabendo que seu nome era Glinda.
- E por que ele está tão, pequenino? - Perguntou-a, em direção a mim, caminhando, enquanto olhava para dentro da xícara, curiosa e sorridente
- Talvez seja por que meu tamanho não se adaptou ainda a este mundo, coloque-me ao normal, por favor? - Respondi, enquanto a minha pergunta, saia gentilmente com um tom leve e suave, com o intuito de estar em meu tamanho normal.
- Ah sim! - A mesma, após a sua fala, logo realizou vários movimentos com a sua varinha, criando várias colorações mágicas, que fez com que meu corpo começasse a crescer, e então, logo quebrando a xícara, voltando ao normal de meu tamanho.
- Era uma das minhas xícaras prediletas... - Resmungava o homem de cartola
- Me desculpe então ... - Completava, pedindo desculpas
- Não esquenta, eu disse "uma das", então, tem mais. - Exclamou o homem de cartola. - Apropósito, meu nome é Oscar Digs, e esta é Glinda, a fada da sabedoria. - Terminou-o, apresentando cada um que estava no local.
- Irei te ensinar a se adaptar a este mundo, afinal, a sabedoria é meu forte - Disse Glinda a mim, convencida de que iria explicar tudo sobre tal mundo onde eu estava
- Okay então ...- Disse a ela, caminhando-a para percorrer a floresta.

... Em algum lugar, longe da floresta ...

Os corvos eram altos, seus gritos eram apavorantes. Um castelo feito de rochas cinzentas, musgos apodrecidos e espinhos que percorriam as paredes do local, estava, no centro de uma biblioteca, onde a mesa central era feita de madeira cinzentamente prateada; os livros, negros e empoeirados, e ao centro, um caldeirão grande, manipulado por uma mulher secreta, dominada pela escuridão, apenas seus olhos verdes e aterrorizantes poderiam ser vistos a quem olhava pela escuridão eterna do castelo.
Estava manipulando uma colher feita de madeira, grande, para que possa manuzear-la com facilidade o líquido fermentado no caldeirão.
- Alguma coisa... Aah...! Está errada aqui... - Dizia-a, enquanto começava a olhar ao líquido cristalino dentro do caldeirão.- Estou sentindo... Uma energia nada desconhecida... Uh .... - Complementava, com sua voz silenciosa e amedrontadora.
Seus olhos, se deparava ao líquido cristalino do caldeirão, se transformar. Um reflexo total poderia ser visto, surgindo uma visão, mostrando Laz e companhia.
- Então aquele menino... Chegou... - Exclamou, silenciosamente, enquanto retirava a sua colher de madeira do caldeirão.- Vamos fazer uma companhia, a minha velha... Companheira... - Completou, enquanto caminhava pela biblioteca, com seus olhos desaparecendo a escuridão, transformando aquela mizera colher de madeira, em um cajado feito de madeiras de pântano, com uma órbita esverdeadamente escura acima, segurada por pequenas mãos amedrontadoras, também feitas de madeira do pântano.

... Na floresta ...

Laz caminhava ao lado de Glinda, que explicava várias coisas sobre este mundo, como a manipulação da magia, e entre outras coisas a fins magicos.
- Aqui poderemos ficar calmos. - Indicava, parando em um gramado em forma circulatória, rodeado por árvores e arbustos alaranjados, ficando de frente para mim.
- Então, o que poderei manipular? - Perguntava, ansioso, enquanto movimentava minhas pernas respectivamente, animado
- "Seus instintos o levará, ou a maldição cairá, ou a salvação o salvará", estas palavras, estão ditas a você, e você, que determinará que manipulação terá, para o bem, ou mal.- Explicava, com seu tom mudando drasticamente ao sério.
- Eu eim. - Exclamou, após ouvir tais palavras ditas por Glinda.
As mãos da fada da sabedoria começavam a brilhar, a sua varinha, respectivamente, emitia um brilho luminosamente amarelado. A mesma, começava a erguer os seus braços, e simultâneamente, dois grandes nevoeiros se ergueram misteriosamente, se juntando tais e se glomerando uma grande esfera de névoa, e então, surgindo, a mesma criatura cuja me derrubou a um grande buraco.
- Você! - Diz, espantado e surpreso, criando um pequeno sentimento raivoso em sua mente, demonstrando em sua expressão a meu rosto.
- Calma... Foi parte do plano o trazer aqui.- Explicou tal fada, acalmando-me um pouco. - É o seguinte... Tal criatura, chamada Snivy, surgiu daquela árvore, para caminhar ao seu lado nesta aventura.- Continuou explicando, enquanto aquela criatura, tal chamada de Snivy, aproximava ainda mais de mim, com um sorriso no rosto, e arregalando seus olhos vermelhos aos meus.
- Então quer dizer, que ela, me escolheu? ...- Perguntei, ao mesmo tempo, agaixando, de frente para Snivy, que ficava entre os olhares de meus olhos, e após, recebendo um grande salto, que, apoiando as pequenas pernas da criatura esverdeada em minhas próprias pernas, deparou-se com um sorriso no rosto da tal chamada Snivy. - Então, gostaria de te apelidar de Cinthia, certo? - Perguntando a tal Snivy, que, com a sua resposta alegre, passando a se chamar de Cinthia, ao invez de seu nome original.
Bom, vamos a próxima...- - Glinda, rapidamente foi interrompida, com um estrondo tremor no solo, e uma áura esverdeada correndo entre as plantas ali presentes. Desesperada, acompanhou-me a fora do local, enquanto Snivy, em minha cabeça, segurava entre alguns fios de cabelo meu, acompanhando-nos a sair do local.
Oscar surgiu, estava correndo até o local onde estavamos, cansado, respirando pesado, tentou alertar a fada:
- Uma árvore está esverdeada, as rochas perto dela estão se levitando, depressa, levo-os ao que está acontecendo, venham!
Acompanhamos Oscar ao que estava acontecendo, e ao se deparar com uma grande árvore emitindo uma áura esverdeada, e pedras giratórias, flutuando ao redor da planta, Glinda sacou a sua varinha, preparada, exclamou:
- Apareça a quem está realizando este tipo de feitiço, agora!
- Então tá... - Uma voz silenciosa, e absolutamente amedrontadora, respondeu a tal exclamação de Glinda, e surpreendentemente, as rochas, logo começaram a se fundirem, criando pernas, troncos e braços, e então, formando um gigante golem de pedra raivoso.- Mentira! - Exclamou a sujeita, acompanhada de uma risada maleficamente maldosa, que ordenou ao golem a atacar-nos.
- Oscar, ajude-me a proteger-lo - Disse Glinda, surgindo a frente de mim, com a sua varinha dourada em mãos, com uma expressão determinada.
- Está bem. - Oscar se ofereceu a me proteger, sacando sua cartola, e retirando de dentro do chapéu, uma fita colorida, que ao movimento que o mesmo fez, transformou-se em uma varinha mágica, tonalizada de preto e branco, como uma varinha onde os mágicos utilizavam para seus truques.
- Mas eu posso me defender sozinho! - Gritei, se oferencendo a ajudar-los, e a ser responsavel de mim mesmo.
- É melhor ficar onde você está, não está qualificado ainda. - Retrucou Glinda, negando o oferecimento de me proteger sozinho.
O golem, sem mais nem menos, movimentou seu braço direito, retirando sua mão esquerda, e então, a lançando contra tais ali presentes, e surpreendentemente, Oscar fez movimentos giratórios com a varinha dentro da cartola, surgindo inesperadamente um elefante, que era solto ao ar, mas, com a fim de pegar aquela mão rochosa, não conseguiu. Tal animal, era então, agarrado pela mão rochosa, que lançava-o as árvores, derrubando uma por uma.
Glinda, manipulou sua varinha, criando uma grande luminosidade amarelada, mirando em sua mão, criando uma grande rajada amarelada contra a escultura de rochas, quebrando-o ao meio, porém, os pequenos pedaços de rochas logo se fundiram novamente, regenerando o buraco que a mesma criou com o seu poder.
- Não está funcionando!
O desespero de Glinda acabou, a determinação criou-se, determinada a me proteger.
Cinthia puxou um fio de cabelo meu, chamando a minha atenção. Tal, queria entrar em batalha, mesmo com que a permissão estava negada.
- Quer entrar? Mas você terá que colaborar comigo, pois não sei o que você é capaz de fazer. - Expliquei a Cinthia, porém, ainda continuava a me motivar a entrar.- Então tá, né...- Complementou.
Saí em disparada, correndo, desviando de Glinda e Oscar, sem ligar com a expressão que Glinda criava em seu rosto de surpresa, mas não impedia-me de participar. Cinthia, saltou de minha cabeça, com uma pequena névoa esverdeada, movimentou-se enquanto girava, manipulando folhas, que ao mesmo tempo, criava um tornado feito de folhas, manipulada pela sua calda esverdeada, lançando o tornado contra o golem, que era atingido por tal ataque.
- Cinthia!, você é capaz de manipular as folhas? - Disse, surpreso, após tal criação de Cinthia, que aproximava de mim, firmando seus pequenos pés ao chão.- Okay então, Cinthia, Leaf Blade!
Cinthia correu contra tal golem, desviando de seus lançamentos de rochas, saltando contra ele, emitindo um brilho esverdeado em sua calda, que, manipulando-a de um jeito parecido com acrobacias, cortou um dos braços do golem, que desapareciam após separar-se do corpo da escultura.
- Agora... Vine Whip!
Erguendo seus pequenos braços, Cinthia logo criou dois grandes cipós, que percorriam o local, e agarrava tal criatura rochosa, firmando seus cipós ao corpo do mesmo.
- Agora, jogue-o!
Cinthia, ao ouvir o meu comando, firmando ainda mais os cipós na estrutura rochosa da criatura, girou seu corpo, respectivamente, e lançou tal estrutura a uma árvore, que despencava ao impacto pela mesma, destruindo as rochas que formavam o corpo do mesmo, desaparecendo, e derrotando-o.
- Glinda... ele é poderoso!- Exclamou Oscar, admirado com que Cinthia e eu acabavamos de realizar
- Sim, mas teremos que ser capazes de ensinar-lo a sobreviver aqui, não sabemos de quem foi a obra rochosa, mas, teremos que ter cuidado, pois sei que pode fazer mais que uma criatura feita de rochas. - Explicou, seriamente, enquanto via-me a comemorar junto com Cinthia.- Teremos que levar, a uma conhecida minha...- Disse Glinda, com uma expressão séria, enquanto Oscar, olhava para o rosto da mesma, indignado e com a dúvida de quem receberia-me ao levar-me.



Treino com batalha


COM: Alguém ONDE: Aqui VESTINDO: Isso POST: 000

@Lilah
avatar
Laz'

Poke Regras :
Número de Mensagens : 4
Data de inscrição : 17/02/2015

Ficha de Personagem
Insignias Conquistadas :
1/1  (1/1)
Fitas Conquistadas:
1/1  (1/1)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum